Métodos de Pagamento

A maioria das empresas contratantes pagam aos seus contratantes independentes em US $ (Dólar Americano).

Para esses recebimentos internacionais é preciso ter uma conta corrente em algum banco, tradicional ou banco digital, visto que, ainda que passe por uma carteira digital, somente estará disponível em moeda oficial do Brasil após passar por transação de câmbio.

As chamadas remessas internacionais geram algum tipo de taxação como: spread (diferença entre o preço de compra e venda da cotação da moeda estrangeira), IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e até mesmo taxa exclusiva de serviço do banco utilizado, em alguns casos ainda é necessário o uso de um banco intermediário nesse processo, gerando custo adicional muitas vezes inesperados.

TAXAS/IMPOSTOS

  • IOF: por ser um instrumento de manipulação da política de crédito, câmbio, seguro e valores imobiliários, se torna inevitável. Alguns bancos ou plataformas digitais, embora aleguem não cobrar, certamente estará um valor já acrescido em seu spread para compensar tal taxa;
  • Spread: também não podemos fugir do encargo, o contratante independente prestou serviço para uma empresa e faturou em dólar, em algum momento vai precisar receber em sua conta bancária, então executa a ordem de recebimento, estará vendendo Dólar e comprando Real Brasileiro, gerando assim o spread;
  • Banco Intermediário: plataforma digitais não tem autonomia total para enviar ou receber remessas internacional, então dependem de um banco intermediário e com isso gera custo ao remetente ou destinatário da operação. O valor praticado tem ficado em torno de US $ 25;
  • Taxa Bancária: bancos convencionais praticam suas próprias taxas de custos. Já bancos digitais podem e tem sido uma opção para eliminar a tarifa.

Continua após a publicidade:

Os métodos de pagamentos mais comum disponibilizados pelas empresas são:

Conta Bancária, Hyperwallet, Husky, MoneyGram, Payoneer, PayPal, USD Wire

Payoneer: desconta US $ 3 para receber o dinheiro da contratante na sua conta e 2% sobre o valor da transação solicitada para creditar em conta bancária no Brasil;

Husky: cobra 2%, ou através do uso de cupom oferece uma redução, sua taxa passa a ser apenas 1%‍. Mas não deixa claro os demais encargos intermediários.

Bancos: cada banco pratica suas políliticas de custos e taxas.

Continua após a publicidade:


IBAN/SWIFT

Sigla para International Bank Account Number (IBAN), é o número de identificação da sua conta para transferências internacionais.

SWIFT é um código único de identificação de cada banco.

Entrando em contato com seu banco, tanto o IBAN quanto o SWIFT lhe será fornecido.

Caso já tenha o código IBAN que já é suficiente para algumas empresas, você pode verificar se ele é válido e correto aqui: Validação de IBAN.


APPEN

A Appen tem usado como seu método de pagamento padrão os serviços financeiros que fornece transferência de dinheiro online da Payoneer.

Continua após a publicidade:

LIONBRIDGE E TELUS INTERNATIONAL

Ambas Lionbridge e TELUS International têm como política o pagamento apenas por conta bancária, com dados bancários mantidos em seu nome e no seu país de residência. Obrigatoriamente seu nome deve constar na conta bancária a ser fornecida à empresa.

A TELUS no processo de migração da Lionbridge AI para sua própria plataforma implementou pagamentos via Hyperwallet. A ativação da conta e seu respectivo recebimento para esta plataforma se dá através do link enviado por e-mail pela empresa pagadora. Podendo posteriormente, manter ou fazer transferências do valor recebido.

TEEMWORK.AI

A empresa disponibiliza já de início ao contratante independente os métodos de pagamento Payoneer e PayPal.

Continua após a publicidade:

WELOCALIZE

Já esta empresa tem disponibilizado uma conta Hyperwallet com opções diferentes dependendo do país, para o Brasil, USD Wire e MoneyGram, por exemplo.


MELHORES ESCOLHAS DE BANCO

  1. Desde junho de 2020 o Banco do Brasil deixou de usar a plataforma de câmbio da Western Union, a partir dali, anunciou cobrança de taxa bancária 0. Então ao escolher este banco será descontado de IOF uma taxa de 0.38% do valor e o spread cambial. O spread para receber remessa do exterior através do Banco do Brasil tem ficado em uma média de R$ 0,07 (sete centavos de Real) por cada US $ 1.00 (Dólar Americano);
  2. Salvo os casos onde o contratante tenha cupom de indicação e a empresa não cobre a taxa do banco intermediário, a Husky pode ser uma alternativa. Vários relatados de usuários, afirmam que é incerta a cobrança intermediária, tem vezes que é descontada, outras não;
  3. Seguindo as mesmas premissas do Banco do Brasil, o Banco Santander também está atualmente descontando somente a taxa relacionada ao IOF (0.38%) do valor e o spread cambial.


O Banco do Brasil oferece a Conta Fácil Banco do Brasil, uma modalidade de conta corrente, é uma boa opção para iniciar e pode ser aberta online, não precisa comprovar renda e libera rapidamente, em condições normais.

Deixe um comentário!

Continua após a publicidade:

Sabe de alguma outra opção que é mais viável? Nos informe.


Leia também:

Author: mquality.adm

Comente...