Mecanismo de Pesquisa da Apple?

Mecanismo de Pesquisa da Apple?

A rivalidade histórica entre Google e Apple há muito tempo faz com que as pessoas se perguntem se a gigante de Cupertino estaria agora entrando também na briga dos mecanismos de pesquisa com seu próprio sistema de busca.

Apple Search?

Novos rumores de que a Apple poderá lançar um mecanismo de busca para Web

O evangelista tecnológico de RA (realidade aumentada), Robert Scoble, acredita que a Apple apresentará um novo mecanismo de pesquisa para Web semelhante ao do Google a ser lançado já no início de 2023.

Os rumores sobre a criação de um buscador pela Apple para ser rival do Google não são novos, e agora Robert Scoble tem dito o que acredita que a Apple está prestes a lançar, na WWDC do próximo ano, revivendo o boato sobre o mecanismo de busca.

Em sua postagem no Twitter, Scoble disse em entrevista ao TechRadar Pro que ele baseia isso em parte em conversas com fontes e em parte em dedução. Ele acrescentou: “Este é o lançamento de produto mais caro de todos os tempos [sic]”.

Continua após a publicidade:

Apple Search?

Atualmente o Google paga bilhões à Apple para permanecer como o mecanismo de pesquisa padrão no iOS. Em anos anteriores, foi sugerido inclusive que o Google estava pagando esse valor para evitar perder seu status de mecanismo de pesquisa padrão para o Microsoft Bing.

Nos últimos anos a Apple vem investindo muito e melhorando a coleta de dados e seus algoritmos. Existe, portanto, a possibilidade para a empresa expandir isso em um serviço de pesquisa de forma ampla e completa ao estilo Google.

A Apple já vem substituindo os serviços do Google, como aconteceu ao abandonar o Google Maps e lançou seu próprio sistema Apple Maps. Além disso, a Apple já possui um mecanismo de pesquisa interno que alimenta o assistente Siri e o Spotlight

Uma explicação aceitável é que a empresa acredita que a base de instalação do iOS e do Safari atingiu um montante sólido e sustentável, de modo que pode agora desafiar genuinamente o trono do Google.

Continua após a publicidade:

Ainda é possível que o suposto serviço não se pareça com um mecanismo de busca tradicional. Em seu tweet, Scoble deu a entender que a Siri pode ser a principal beneficiária, o que pode indicar que o novo produto foi desenvolvido para aumentar as respostas (alimentado pelo Google) fornecidas pelo assistente digital, e não para responder a consultas gerais como um mecanismo de pesquisa comum.


Outros artigos úteis:

Author: mquality.adm

Comente...